Seguidores

sábado, 14 de dezembro de 2013

MEUS PRIMEIROS CONTATOS COM OS ANJOS - Por Gisele Santos da Silva


MEUS PRIMEIROS CONTATOS COM OS ANJOS 
Por Gisele Santos da Silva - 14 de dezembro de 2013.


O assunto anjos, é um tema muito interessante.

Recentemente estava vendo um documentário onde vários especialistas em diversas áreas tentavam explicar por meio de fatos históricos sobre as aparições destes seres alados. Alguns chegaram a dizer que os vários relatos dentro do contexto bíblico e outros livros considerados sagrados, não falavam de anjos e sim de seres de outros mundos - extraterrestres, e que naquela época em que nada se conhecia e tudo se temia, usavam o termo "anjos" para designar estes seres desconhecidos que "podiam voar". Há muitos relatos especialmente no livro de Enoque sobre o assunto, e segundo historiadores Enoque relata perfeitamente o encontro de seres humanos com estas entidades ditas anjos, mas que na realidade eram Ets. Será!?

Em outro contexto os anjos fazem parte da imaginação de muitas pessoas e por exemplo, existe uma pesquisa que nos EUA, mais de 70% da população acredita em anjos. Por que, hein? Elas relatam ter sonhos com mensageiros alados lhe passando instruções, avisos.

Existem ainda informações de que estes seres aparecem disfarçados de seres humanos para auxiliar em alguma situação difícil e de repente desaparecem.

Eu comecei a me interessar por anjos desde muito cedo. Aliás, sempre me interessei pelos mais diversos assuntos místicos, esotéricos, contudo o tema ANJOS, sempre me intrigou e intrigou muito mais depois de um acontecimento. Cheguei a ganhar um livro, chamado "Anjos Cabalísticos" de presente "surpresa" - nada providencial, concordam?

Em 1995 foi lançado um livro em fascículos sobre anjos que fiquei fascinada. Vinham algumas meditações em fita K7 e lindas imagens. Num destes fascículos, havia um texto sobre como escrever uma carta para seu anjo da guarda. Eu segui as instruções. Em meu quarto, fechei a porta e comecei a escrever a carta... de repente o quarto que se encontrava com porta e janelas fechadas, foi inundado por um forte perfume de rosas. O perfume era tão forte que eu me assustei e abri portas e janelas em pânico! - de onde vinha aquele perfume? Enfim. Rasguei e queimei a carta. Eu estava com medo de ter "invocado" alguma coisa que eu desconhecia - e estava dando certo a invocação! Então como eu não via o que era fui tomada pelo medo. Acredito que este meu "primeiro" contato não tenha sido tão agradável, por conta da falta de informação e orientação adequada. Dias depois comprei um pedaço de isopor e pintei com tinha guache, uma imagens inspirada de um anjo e coloquei no batente da porta do meu quarto. Ficou lá um bom tempo.

Eu não consegui manter a coleção de fascículos atualizada, mas até hoje tenho algum material dela. Foi importante para mim e para meu aprendizado.

Eles, os anjos, sempre se mostraram presentes em meu caminho.
No colégio uma amiga minha sempre me dizia que eu parecia um anjo, e eu mesmo tinha me "dado" um nome angelical. Achava lindo, mas só ela conhecia, não contei a mais ninguém. Depois do colégio passei muitos anos sem um contato com o assunto mais diretamente, voltando com tudo na época de meu "despertar espiritual". Foi uma época conturbada, muitas informações chegavam de "pacotes" dentro da minha cabeça e não tinha condições de compartilhar com as pessoas de forma que não me taxassem de louca, insana e problemática. Ao mesmo tempo que percebi que eram informações também inéditas ao menos para mim. Mas as informações surgiam e de algum lugar, pois não vinham de livros, filmes, internet, nada disso. Elas surgiam dentro de minha mente. Através de algumas vivências e experiências fatos foram se confirmando. 2008 e 2009 foram anos bem marcantes pois a impressão foi que muitas pessoas "despertaram" junto comigo. O tema anjos voltou a pulsar em mim.

Comecei a ter certa facilidade para realizar "saídas do corpo" e eu conseguia ver no plano astral seres que a princípio me deixavam intrigadas, em dúvida sobre minhas próprias percepções. Até que consegui ver estes seres alados. Feitos de pura energia, auxiliando em um trabalho de cura energética. Meu lado racional sempre questionava se eram frutos de minha mente, mas quando realizava trabalhos em conjunto as visões eram muitas vezes compartilhadas e assim confirmadas pelo grupo. O que me dava certeza e segurança de que não eram ilusões de ótica, imaginação e criações de minha cabeça. Seria uma ilusão coletiva? As vozes vinham em nossas mentes. Falavam conosco. Não dava para desacreditar, pois as inspirações vinham de algum lugar e chegavam a todos ali presentes. Cheguei a ver "batalhas" no astral, e legiões de anjos, em estado de desdobramento. Meu despertar estava apenas começando...




14/12/13

Um forte bater de asas para vocês.



Gisele Santos da Silva
Terapeuta Holística Vibracional.
Auxiliando no despertar dos anjos humanos.
Uma trabalhadora da luz a serviço da humanidade
http://filosofia-esoterica.blogspot.com
http://consciencia-estelar.blogspot.com
http://osanjosdaterra.blogspot.com
http://somos-indigos.blogspot.com
gielisee@gmail.com

ANJOS HUMANOS, HUMANOS ANGELICAIS, ANJOS DA TERRA, ANJOS ENCARNADOS! SERÁ!?

 
Por Gisele Santos da Silva.


Um dos assuntos que mais me fascina é sobre os anjos.
Claro, quando falamos em anjos já pensamos naqueles seres que aparecem nas pinturas renascentistas...

Bom, de fato são muito bonitos, com rosto cândido, semblante sereno. Os querubins são retratados sempre em forma anjos crianças, bebês, gorduchinhos, e fofos. Desde tempos imemoriais o tema dos anjos é retratado. Na bíblia e fora dela existem relatos sobre o tema. Mas nos últimos tempos lendo livros sérios sobre o assunto, inclusive estrangeiros, venho aqui fazer uma pergunta: É possível que anjos, estes mesmos seres alados que vemos cheios de floreios nas pinturas e escrituras antigas possam descer, não só em sua forma etérica invisível, mas também encarnar como seres humanos, vivendo aqui na terceira dimensão, sujeitos aos mais diversos sentimentos, pensamentos e ações, inclusive ao tempo?

Quem aqui já teve a nítida sensação de que já esteve na presença de um ser assim, aqui no plano físico? Mas de repente pensamentos de - "ah não! Isso só pode ser coisa da minha cabeça... anjo de verdade na terra? Imagina... seres assim não precisam passar por tudo isso aqui, eles já são extremamente evoluídos para descer num plano tão denso e ter de passar por privações..."

Será mesmo? A evolução funciona de maneira muito mais abrangente e complexa daquela que temos em nossa mente restringida por valores e crenças conflitantes. Vamos pensar um pouco?

Deixo vocês com este questionamento... em breve vamos abrir mais espaço para este assunto.

Você se sente um anjo? O que é ser um anjo para você? Pense bem... E... ao me responder sobre esta questão, abstraia tudo o que você compreende sobre o assunto, que já leu, que já lhe disseram e sinta em seu coração a resposta, deixe fluir de dentro de você seu próprio pensamento e sentimento natural, sem crenças externas. Será possível um anjo encarnar como humano? Qual seria o objetivo desta missão? Será que você pode ser um? Será que você já conheceu algum? Será que não convive com algum todos os dias?

Deixo vocês agora com esta reflexão.
Um forte bater de asas para vocês!
Beijos de luz a todos!





Gisele Santos da Silva.
Terapeuta Holística Vibracional
Auxiliando no despertar dos anjos humanos.
Trabalhadora de luz a serviço da humanidade
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...