Seguidores

terça-feira, 14 de maio de 2013

Anjo da Guarda

Embora não exista nenhuma citação específica na Bíblia, a respeito de "Anjos da Guarda", nas religiões cristãs este termo passou a designar o Espírito Bondoso, que vela individualmente por nós, encarnados, afastando-nos do mal, inclinando-nos ao Bem, em nome de Deus.

O Espiritismo esclarece a inexistência dos "Anjos", enquanto seres especiais da criação, criados superiores a nós, em inteligência e virtudes, o que seria incompatível com a Justiça, Amor e Bondade Divinas, pois Deus nos criou para progredir desde a total ignorância até a perfeição.

Sim, existem "Anjos de Guarda", no entanto o Espiritismo esclarece quem são, porque estão entre nós, quais os laços que os aproximam, e qual sua influência.

O termo "Anjo", palavra de origem não espírita, foi também utilizado algumas vezes por Allan Kardec, porém, a forma como o Espiritismo prefere dirigir-se a estes amigos da espiritualidade é desvinculada de outras religiões, ofertando melhor compreensão de seu papel: “Mentores espirituais", "Espíritos Guardiões", "Espíritos Protetores", "Amigos Espirituais", são os títulos utilizados por serem mais compatíveis com as relações que mantemos com eles.

Na visão espírita, "Anjos da Guarda" são Espíritos que atuam fora da matéria, e tem por missão acompanhar o homem durante a vida carnal, ajudando-o a progredir através de intuições, de caráter moral elevado, pois são de natureza superior àqueles que protegem.

Estes "Espíritos Protetores" tem missão específica junto a nós: aconselhar, consolar, sustentar, durante as provas que a vida impõe, provas que servem para nosso desenvolvimento e quitação da consciência perante as leis divinas.

Cada "Mentor Espiritual" é designado a seu protegido antes do nascimento, acompanhando-o do nascimento até a morte física. Laços de afeto são criados entre eles e nós, e não raro já fazem parte de nossa história espiritual, tendo conosco transi-

tado pelas diversas encarnações. Como evoluíram mais rapidamente que nós, doam-se amorosamente na missão de nos auxiliar a encontrar o caminho do verdadeiro Amor.

Ao contrário do que pensamos muitas vezes, nossos "Espíritos Guardiões" não nos salvam de nós mesmos; não nos impedem de errar, através de alguma interferência sobrenatural; não nos desviam de nossas provas; não evitam nossas expiações. Sabem eles que estamos na escola da vida, e que dor e sofrimento são educadores da alma rebelde, e que se estão em nossa jornada, é porque semeamos também, por ignorância, amargura e lágrimas.

Como seres que nos amam, comprometidos que são com nosso sucesso moral, sabem que as experiências nos auxiliarão no despertar para o Amor, Caridade, Fraternidade, Moral Crística, Fé... A lágrima derramada ao receber a vacina da dor, cura-nos do vírus da indiferença, do ódio, da mágoa doentia, da preguiça. O remédio é amargo, mas como pais amorosos, estão ao nosso lado, dando-nos força e coragem.

Estes "Amigos Espirituais" sempre nos oferecem o colo carinhoso, o estímulo à coragem, a intuição da necessidade de resignação... Em N momentos, do mais delicado ao mais importante, estão conosco. Não nos ajudam a acertar na loteria material, mas nos apoiam na conquista do enriquecimento dos bons sentimentos, nas experiências da vida carnal.

Que se deve entender por anjo guardião?

- O Espírito protetor de uma ordem elevada.
(perg. 490 do Livro dos Espíritos - Allan Kardec)

Qual a missão do Espírito protetor?

- A de um Pai sobre seus filhos; conduzir seu protegido no bom caminho, ajudá-lo com seus conselhos, consolá-lo em suas aflições, sustentar sua coragem nas provas da vida.
(perg. 491 do Livro dos Espíritos- Allan Kardec)

Todos nós temos um Anjo Guardião que nos orienta em nossa jornada pela vida, desde o momento do nascimento até o desencarne, como também pela erraticidade. Ele nos acompanha por muito tempo, até mesmo por vários séculos, conhece nosso íntimo profundamente, conhece nossa ficha espiritual, e por isso sabe exatamente o que é melhor para nós.

Está sempre pronto a nos ajudar, desde que faça bem ao nosso progresso. Porém não devemos nos iludir de que ele esteja a nosso lado, literalmente, 24 horas por dia, pois como Espírito superior tem diversas atividades no plano espiritual; podemos entender isso na resposta que São Luiz e Santo Agostinho deram a Kardec na pergunta 495 de O Livro dos Espíritos:

"Ele se afasta quando vê seus conselhos inúteis e que a vontade de sofrer a influência dos Espíritos inferiores é mais forte, mas não o abandona completamente, e se faz sempre ouvir; e, então, o homem é quem fecha os ouvidos. Ele retorna, desde que é chamado..."

Então, amigos leitores, quando precisarem de auxílio não hesitem em chamar seu Anjo da Guarda. Ele, com certeza, ouvirá, e terá imensa alegria em ajudá-lo. Mas lembre-se que Ele sempre respeitará seu livre arbítrio, deixando ao seu protegido o mérito pelas conquistas benévolas, bem como a responsabilidade pelos tropeços.

ORAÇÃO PARA O ANJO DA GUARDA

Anjo de Luz,

Guardião da minha vida.

A Ti fui confiado pela Misericórdia de Deus.

Ilumina meu espírito,

Guarda-me da maldade,

Orienta a minha inspiração,

Fortalece a minha sintonia com a Espiritualidade Superior e torna-me forte diante
das tempestades que venham a afligir meu intimo.

Lembre-me todos os dias de não julgar nem ferir.

Banhe a minha mente de Amor e Harmonia, para que eu possa tornar o
mundo melhor para aqueles que convivem comigo.

Quero assim me tornar digno de sua proteção e amor.
 
Extraído do boletim eletrônico do templo Cabana do Caboclo Rompe Mato.
http://materiastral.blogspot.com.br/2012/08/anjo-da-guarda.html
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...